Grupo de peruanos viaja pelo país para torcer pelo Brasil

0

Sábado, 21 de junho de 2014

A paixão pelo futebol e a verdadeira idolatria por Neymar fez com que os peruanos Antonio Figueroa, Ermo Castilho e Lenin Altamiriano se unissem a um solitário brasileiro Elso Moraes para percorrer mais de 2 mil km de Lima até Porto Velho. O objetivo? Torcer pela seleção brasileira, já que a seleção peruana não se classificou para a Copa do Mundo. E não é nenhum sacrifício para eles torcer pela seleção pentacampeã do mundo, mas o grupo também tem outro sonho: eles querem que o craque Neymar assine um carro de miniatura, que levam nas mãos por onde andam.

– É um sonho que estamos realizando. Neymar é o melhor jogador do Barcelona e eu gostaria muito que ele assinasse o meu carro com o nosso pincel atômico. Eu falo por essa paixão e tenho certeza de que foi por isso que Deus nos uniu em Lima para essa viagem – ressaltou o fanático Figueroa.

Para o transporte dos quatro aventureiros está sendo utilizada uma caminhonete 4×4 completamente caracterizada de verde e amarelo e o destaque é para o camisa 10. O grupo está gravando um documentário com o titulo “El Auto Del Mundial Brasil 2014” sobre a Copa, em na pequena câmera filmadora eles levam imagens de todos os lugares por onde passam.

– Estamos gravando a nossa jornada rumo ao encontro com o nosso ídolo Neymar e para torcer para a seleção brasileira, que queremos que ganhe da Argentina na final da Copa – disse Lenin na passagem do grupo pelas ruas de Porto Velho.

No caminho para o Brasil, o grupo passou por várias paisagens peruanas, incluindo os Andes, podendo avistar o degelo das cordilheiras. Também foram recepcionados com muita festa pelos cidadãos de Cusco, no Peru, que mandaram boas vibrações para a seleção brasileira.

Os quatro aventureiros pretendem viajar para acompanhar a seleção brasileira e para pegar o autógrafo do Neymar durante 45 dias. Eles devem andar cerca de 10 mil quilômetros até retornarem para Lima.

No momento, os aventureiros já passaram pelas cidades rondonienses de Porto Velho, Ji-Paraná e Cacoal, rumo ao sonhado encontro com a seleção brasileira e Neymar.

– Deus permita que Neymar assine o nosso carro. A minha filha também é fã do jogador e vai ficar muito contente se ele autografar – finalizou o emocionado Figueroa.