Menino espanhol com deficiência canta e emociona o mundo

0

Ele supera suas limitações físicas e neurológicas para expressar o que traz no coração e comove o mundo.

Confira e se emocione:

Hermoso!!!!

Posted by Rosa Díez on Sábado, 29 de novembro de 2014

O pequeno artista é Adrián Martín Vega (Málaga, Espanha), ganhador do 2º concurso de talentos “Mãe, quero ser artista”, e seu vídeo, mesmo estando cortado no final, tornou-se viral nos últimos dias.

QUE BONITO

Que bonito cuando te veo ay (que bonito quando te vejo)
Que bonito cuando te siento (que bonito quando te sinto)
Que bonito mi amor todo tu ser (que bonito, meu amor, todo o seu ser)
Si tu ser (sim, o seu ser)

Que bonito cuando me hablas ay (que bonito quando você fala)
Que bonito cuando te callas (que bonito quando você fica quieta)
Que bonito sentir que estas aquí (que bonito sentir que você está aqui)
Junto a mi ay (junto a mim)

Que bonito sería poder volar (que bonito seria poder voar)
Y a tu lado ponerme yo a cantar (e, ao seu lado, começar a cantar)
Como siempre lo hacíamos los dos (como sempre fazíamos juntos)

Que mi cuerpo no para de notar (meu corpo não para de notar)
Que tu alma conmigo siempre está (que sua alma sempre está comigo)
Y que nunca de mí se apartará (e que nunca se afastará de mim)

Que bonito tu pelo negro ay (que bonito seu cabelo preto)
Que bonito tu cuerpo entero (que bonito seu corpo inteiro)
Que bonito mi amor todo tu ser (que bonito, meu amor, todo o seu ser)
Si tu ser (sim, o seu ser)

Que bonito seria poder volar (que bonito seria poder voar)
Y a tu lado ponerme yo a cantar (e, ao seu lado, começar a cantar)
Como siempre lo hacíamos los dos (como sempre fazíamos juntos)

Que mi cuerpo no para de notar (meu corpo não para de notar)
Que tu alma conmigo siempre está (que sua alma sempre está comigo)
Y que nunca de mi se apartará (e que nunca se afastará de mim)