Restaurante peruano é eleito melhor da América Latina pela segunda vez

0

O restaurante peruano Central, é,  pela segunda vez eleito o melhor restaurante da América Latina, o restaurante  trabalha ingredientes nativos do país, que vêm de diferentes altitudes, do litoral aos Andes, chegando a localidades a 4.200 metros de altura. No ranking mundial, está em 4º lugar.

O chef Virgilio Martinez dono do Central

O chef Virgilio Martinez dono do Central

O topo da lista continua com Boragó, de Santiago, que subiu três posições. O chef Rodolfo Guzmán, que trabalhou no espanhol Mugaritz, do chef Andoni Luis Aduriz, ganhou também o prêmio de escolha dos chefs, em que 50 cozinheiros escolhem um chef de destaque. Em terceiro lugar ficou Astrid y Gastón (caiu uma posição). A casa é comandada por Gastón Acúrio e Astrid Gutsche, que também ganhou o prêmio de melhor confeiteira da América Latina.

O Brasileiro  D.O.M., de Alex Atala, ocupou o quarto lugar. O restaurante brasileiro mais bem colocado do ranking caiu uma posição em relação a 2014. Em quinto, veio o Maido, do Peru, representante da cozinha nikkei, que mescla influências japonesas e peruanas.

Outros prêmios. O prêmio de promessa do ano abriu a noite e foi para o restaurante I Latina, em Buenos Aires. O restaurante é de três irmãos colombianos Santiago, Camilo e Laura Macías. Serve um menu degustação de sete tempos, trocado a cada estação, combinado a vinhos argentinos.