Bolerojazz no Espaço sem Fronteiras Sex.23/06

0

Bolerojazz idealizado pela cantora paraguaia Monica Elizeche, é um convite a conhecer mais sobre as raízes culturais latino-americanas atraés do gênero Bolero e dos estilos aos quais se misturou, influenciando outros novos.


Poliglota e multicultural, o bolero é som cubano, habanera, ranchera mexicana, cha cha, tango, guarania, chamame, blues e jazz. É um discurso amoroso que nunca acaba sempre renovando-se, uma atmosfera especial, uma filosofia que permite suportar os rigores do amor latino e evidencia sua intimidade.
Como um rio que correão longo dos anos, Bolerojazz propõe um passeio no profundo processo de busca nas raízes latinas pela paixão na sua forma mais representativa e creando um relato histórico-musical, conduz a abertura das fronteiras artísticas que espelha a latinidade de todo um continente.

MONICA ELIZECHE (Cantora, instrumentista e compositora)
Natural de Assunção, Paraguai, estudou canto erudito no Conservatório Nacional de Assunção, violão e linguagem musical com o Prof. Dr. Carlos Shvartzman. Radicada no Brasil desde 2002, estudou violão e canto popular na escola de música Groove com Leive Miranda. É formada em canto popular pela Faculdade de Música Santa Marcelina, São Paulo.
Participou dos grupos de jazz do maestro Carlos Shvartzman e do Fusión 5, do renomado guitarrista Daniel Cortazar e em inúmeros festivais de jazz na cidade de Assunção. Integrou a orquestra de jazz do guitarrista uruguaio Pablo Sumarám em São Paulo. Criou em 2006 o projeto de latim-jazz “Bolerojazz”, em cartas por dez anos no renomado “All of jazz” em São Paulo.

É compositora e lecciona canto e violão em escolas livres de música de São Paulo. É professora de canto populas do curso preparatório para o vestibular da Faculdade Cantareira. Lecciona musicalização infantil no projeto Macuru Musicalização, criado em conjunto com a Musicista Marina Siqueira. Faz parte do projeto Canta e conta, envolvendo música e teatro.

Bolerojazz são:
Vocal: Monica Elizeche (Paraguai)
Piano: Oscar Aldama (Paraguai)
Baixo e Direção Musical: Aniel Someillan (Cuba)
Sanfona: Iuri Salvagnini (Brasil)
Percusão: Eduardo Espasande (Cuba)

Serviço
Sexta 23/06
Rua Conselheiro Ramalho, 945, São Paulo
21:00hrs
Ingressos:
>Anticipados : contacto@redesf.org
>Ingresos no local sujeito a disponivilidade