Cubano Felipe Chibás Ortiz lança em SP o livro “O desafio de existir -100 poemas de amor e uma canção desesperada”

0

 

Na quarta feira, 13 de dezembro, a partir das 20 horas acontecerá o lançamento do quinto livro de poesia “O desafio de existir -100 poemas de amor e uma canção desesperada” do premiado escritor e poeta Felipe Chibás Ortiz, o 20º livro de sua carreira. Durante o evento, integrantes da banda cubana Akokan, o famoso musico Yaniel Matos e o solista de flamenco, Miguel Alonso, interpretarão poemas do escritor.

O texto do livro em português e espanhol traz em forma de poemas uma grande discussão sobre o Amor em suas diversas dimensões, entre elas, a Deus, à família, filhos, amigos, casais, em épocas distintas, como por exemplo, no Antigo Egito, e ainda o desafio de viver no século XXI, num mundo cada vez mais virtual. O amor por Cuba, Brasil e América Latina também estão presentes. Uma das novidades desta publicação é a utilização do QR Code em poemas, por meio do qual o leitor acessará vídeos com performances, danças e declamações inspiradas em sua obra. A capa é do artista plástico mineiro, Fernando Fiuza.

 

Segundo a Elsie Carbó, reconhecida escritora e jornalista que escreveu o prefácio, Felipe Chibás é considerado um dos maiores poetas latino-americanos contemporâneos vivo. “Dono de um estilo sui generis, de um lirismo inexplicável, que inclui sempre colocar ao final de cada poema hora e data na qual foram realizados, o que agrega uma certa atmosfera de atemporalidade surreal, da mão deste poeta percorrem-se vários caminhos”, declara Elsie.

“Estamos vivendo no mundo pós-humano, em que a tecnologia junto com a natureza e os novos processos sociais humanos ocupam cada vez mais as atenções. As tecnologias são úteis para o desenvolvimento. Entretanto, não podemos perder a poesia da nossa vida. A poesia que escrevemos diariamente com a nossa vivência, nossos relacionamentos, nosso dia a dia. Desde o trabalho que executamos, os estudos, até os filhos que criamos para o mundo. Cada ação desta é um grande poema de vida que escrevemos. Não podemos ‘tecnologizar’ nossos sentimentos. Viver com a tecnologia sim, mas sem perder a poesia e a ética. Este é o grande desafio deste século”, explica Felipe Chibás.

Em uma linguagem própria que inclui sempre colocar ao final de cada poema hora e data na qual foram realizados, com altos valores estéticos, mas ao mesmo tempo comunicativa e accessível, Chibás tenta despertar esta reflexão no leitor por meio de seus poemas, que ultrapassam o tempo e o espaço geográfico, e trazem homenagens às diversas culturas, como a brasileira, cubana, egípcia, romana, maia, asteca, entre outras.

“Também faço uma homenagem para várias personalidades e artistas, como por exemplo, aos Beatles, Michael Jackson, José Martí, Salvador Dalí, Jeniffer Lawrence, ou figuras políticas como Spartacus, Mandela e Maia Angelou, lutadora pelos direitos cíveis nos Estados Unidos, entre outras. E, principalmente, homenageio o poeta que existe em cada um de nós, que luta pela vida, pela existência, que a cada dia escreve sua história e busca a beleza do viver”, explica Chibás, e complementa citando um dos poemas do livro, “somos poetas de uma única estrofe escrita por Deus”.

Sobre o título do livro, o autor revela que fez também uma homenagem ao escritor chileno (ganhador do Prêmio Nobel), Pablo Neruda, e seu livro “Vinte poemas de amor e uma canção desesperada”.

Os interessados podem inscrever-se no evento do Facebook a seguir:

https://web.facebook.com/events/131728354270696/

Sobre o autor

Felipe Chibás Ortiz, nascido em Havana, mora no Brasil há vários anos. Já escreveu quatro livros de poemas publicados em diversas línguas e países como Cuba, Brasil, México e Canadá: Em quanto tece a aranha sua teia de cristal (1993), Na cintura de Brasil (1997), Lenda Pessoal (1998) e Duas Havanas (1999).

Seus poemas têm sido musicalizados e inspirado peças de ballet clássico, dança contemporânea, flamenca e árabe.

Também é autor de 15 livros técnicos que abordam assuntos como Criatividade, Inovação, Cultura, Comunicação e Marketing. Entre eles: M@rketing Pessoal.com (2015) e Criatividade, Inovação e empreendedorismo na Era Digital (2017).

Professor livre docente, Doutor e Mestre pela Universidade de São Paulo (USP), é também especialista em Marketing Direto pela Universidade Alcalá de Henares, de Espanha, e psicólogo pela Universidade de Havana, leciona na USP, Universidade Presbiteriana Mackenzie e Centro Universitário Drummond.

Serviço

Dia: 13 de dezembro de 2017

Horário: a partir das 20 horas

Local: Turkish Doner Kebab

Alameda Tietê, 43 – Jardins – próximo ao metrô Consolação

 Entrada livre e sem consumação mínima

*Com apresentação de Yaniel Matos, Miguel Alonso e integrantes da banda cubana AKOKAN, que interpretarão poemas do autor.

.Mais informações:

C/ Wania Torres(11) 98377-3559 / email: waniatorres1@gmail.com