Bar Rey Castro em SP é alvo de protestos da comunidade Latino Americana

0

Se soubessem  quanto o povo Colombiano sofreu com Pablo Escobar não brincariam com isso.

O bar Rey Castro teve a equivocada ideia de chamar a sua festa de 14 anos, a festa do “ El Patrón” de la noche, não tem que ser muito esperto para asociar esse nome ao narco traficante Pablo Escobar, como era apelidado o colombiano, el Patrón, e que ficou famoso nos últimos tempos com os seriados num importante site de entretenimento.

Isto causou a indignação nas redes sociais da comunidade latino americana em São Paulo e obviamente da nossa.

Tem temas que obviamente não tem que ser levados a brincadeira, vários membros da comunidade colombiana em SP se indignaram e manifestaram o repudio na página do evento, o que fez com que horas depois a organização entrasse em contato individual com algumas das pessoas ofendidas, tentando argumentar a escolha, a organização também retirou da página do evento a citação da palavra “El Patrón” o que foi recebido com alivio pela comunidade colombiana, que tanto carrega estigmas e preconceitos.

O que esperar de um bar que lucra com a figura de Fidel Castro…

A seguir deixamos o comunicado oficial elaborado por membros da comunidade colombiana e hispânica em SP, que consideraram que o nome da festa era uma clara apologia ao tráfico de drogas:

“Os colombianos residentes em São Paulo rejeitamos toda e qualquer manifestação que projete e contribua a alimentar o preconceito contra pessoas oriundas de qualquer país do mundo. Especialmente porque nos termos da Constituição de 1988 é pródiga em valores atinentes à conquista de uma sociedade livre, justa e solidaria, preocupada com a tolerância e o respeito à dignidade da pessoa humana.
Somos conscientes da maneira como certos setores da mídia e segmentos sociais que felizmente não são maioria no Brasil ainda teimam em reproduzir estereótipos que fomentam a discriminação. Fazemos um chamado a que a sociedade brasileira não faça eco a essas manifestações e pelo contrário compreenda o maravilhoso que é o povo da nossa América Latina, com seus valores e historia e por cima do sofrimento que desigualdades e outras mazelas sociais que juntos vamos derrotar.”

Aqui alguns dos protestos feitos no Facebook: